sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

A MUSSALA DOS TURCOS

A comummente chamada “Mussala dos Turcos”, é uma mussala construída no centro da capital paulista, porém seu nome real é Centro Islâmico de Diálogo Interreligioso (CIDI). Os primeiros turcos a chegarem no Brasil são desconhecidos pois, vários sírios, libaneses e palestinos chegaram ao Brasil com passaportes emitidos pela Turquia Otomana, que dominava o território desses países, por isso, inclusive, os mesmos eram chamados de “turcos”. Acredita-se que os primeiros turcos a desembarcarem no Brasil, via São Paulo, foram aqueles que fugiam da desintegração do Império Otomano com o fim da I Guerra Mundial, em 1918.

Muitos turcos assim se estabelecem em São Paulo, SP, mas os turcos tem uma peculiaridade que os difere dos árabes, mais de 90% deles professam o islamismo sunita sufi, ou seja, um islamismo mais esotérico, tanto que a tão conhecida ordem sufi rumi é criada na Turquia. Na década de 2010 os turcos adeptos da filosofia de Fethullah Gulen, começam a se juntar a alguns brasileiros que também são sufis ou adeptos dessa mesma filosofia e planejam construir um centro islâmico a fim de reunir turcos e brasileiros, e sufis das mais diversas ordens, surgindo assim o CIDI em 2014, no local que se encontra hoje.

Hoje o CIDI trabalha com atividades voltadas tanto para brasileiros como turcos, oferecendo aulas de religião em português, reuniões para turcos, ensino de língua turca para brasileiros, e outras atividades mais. O líder religioso dessa comunidade é o turco Sheik Assam, um dos mais eruditos quanto a filosofia de F. Gulen, que prega o diálogo com outras religiões, inclusive o judaísmo e religiões politeístas.

A mussala dos turcos se encontra na Rua Guarará, 100, Centro, São Paulo, SP, próximo a estação de metro Brigadeiro, na linha verde e também da Avenida Paulista.