quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

COMUNIDADE AHMADIA NO BRASIL



Das seitas neo-proféticas do islam, ou seja, da que aceitam um novo profeta após Muhammad (saas), a Comunidade Ahmadia é a que mais se mantem perto do islam. Os Bahaí’s (a outra seita neo-profética) abandonaram vários preceitos do islam, como as cinco orações diárias, o uso do véu pelas mulheres, a peregrinação a Meca, e outros pontos, mas mantem elementos claramente islâmicos, como a crença em um só Deus, no Profeta Muhammad (saas), no jejum do ramadan, do zakat, e outros. Já a Comunidade Ahmadia se mantem em todos os preceitos islâmicos, tais como a existência de um só Deus, o chamado do Profeta Muhammad (saas), os cinco pilares, etc, a única diferença da Comunidade Ahmadia para o Islamismo tradicional é a crença em um Profeta após Muhammad (saas) e em Califas que guiam o povo atualmente. Os muçulmanos tradicionais dizem que essa seita não é islam porque o islam tem como base a crença em Muhammad (saas) como último Profeta, porem a seita se diz "um ramo pacífico do islam."

A Comunidade Ahmadia (em árabe Ahmadiyya) foi fundada 23 de Março de 1889 pelo indiano Mirza Ghulam Ahmad. Ahmad em 1882 queria ser um reformador islâmico ao ver que o islam indiano as vezes se desviava por causa dos colonizadores ingleses. Ao não conseguir isso, Ahmad começou a pregar que ele era o Mahdi (guia prometido do islam) dos homens e o Messias prometido, numa tentativa de unificação das religiões do colonizador e dos colonos, no caso o islamismo e o cristianismo, mas mantendo-se muito mais perto do islamismo, tanto que não negava nenhum dos preceitos islâmicos conhecidos como cinco pilares. Ahmad foi muito combatido pelos muçulmanos indianos, porem sua seita não morreu, e aos poucos foi crescendo dentro da Índia e do Paquistão. Ahmad morreu em 1908, e com isso assumiram em seu lugar na liderança da seita os Califas, sendo que o atual é Mirza Masroor Ahmad. Hoje o lugar onde os Ahmadias crescem mais rapidamente é no centro do continente africano, em países como Gana, Camarões, Republica Centro Africana, Serra Leoa, Benin, Togo e outros, porem eles mantem membros em cerca de 180 países, inclusive o Brasil.

No Brasil, a introdução da Comunidade Ahmadia se deve a uma família paquistanesa que se instalou na cidade de Petrópolis, no interior do Rio de Janeiro, e hoje continua a ser a única cidade que possui membros desta seita. O presidente da comunidade local é Wasim Ahmad Zafar, e o secretário da mesma é seu filho Nadeen Tahir, ambos paquistaneses e pioneiros da comunidade no Brasil. A Comunidade Ahmadia conta com cerca de 20 membros no Brasil hoje, sendo uma mescla de paquistaneses, indianos e brasileiros, porem mantem seu trabalho totalmente voltado para os brasileiros, com discursos e aulas em português. Apesar de ter dado entrevistas em emissoras de televisão, a comunidade brasileira não apresenta crescimento mantendo sua cerca de duas dezenas de membros a cerca de 8 anos.

FONTE:
http://www.ahmadia.org.br/ (site da Comunidade Ahmadia no Brasil).

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PALESTRA ACONTECEU NA MESQUITA DO BRÁS


Participantes da palestra com o Dr. Shahin Farhang ao centro.

No sábado, dia 23/02, o Dr. Shahin Farhang, realizou uma palestra pública na Mesquita Mohammed Mensageiro de Deus (S.A.A.S.). O evento, que foi atendido por várias pessoas, aconteceu no salão da biblioteca da mesquita, e todos os presentes ficaram muito entusiasmados e satisfeitos com as palavras do Dr. Farhang.

Dr. Shahin Farhang é doutor em Psicologia Educacional e especialista em assuntos da família, leciona em diversas universidades iranianas e chefia uma variada gama de projetos científicos. Suas palestras são atendidas por um público diverso, e esta foi uma grande oportunidade para que o público brasileiro tivesse contato com este renomado intelectual.

Na palestra o doutor falou especificamente sobre a grande diferença que há entre os sonhos e os objetivos, sendo que este último é aquilo que colocamos como meta, seguindo um prazo definitivo e traçando uma linha clara de ação. A exposição de suas ideias é simples e de fácil entendimento, além de muito descontraída, e o mesmo abrilhanta ainda mais seu conhecimento com a citação de exemplos diversos, versículos alcorânicos e ditos proféticos.

Mais do que uma palestra sobre psicologia, o que tivemos no sábado na Mesquita do Brás foi uma aula sobre o Islam e a importância que a religião dá para a organização e a conquista de nossas metas, sempre rumo ao melhor e àquilo que agrada a Deus, o Altíssimo.

FONTE: http://www.arresala.org.br/not_vis.php?op=14&cod=1759

sábado, 23 de fevereiro de 2013

MESQUITA DO INTERIOR OFERECE AULAS


Foto do interior da Mesquita Omar Ibn Abdel Al-Aziz, em Jundiaí - SP

A Mesquita de Jundiaí está oferecendo todos os sábados aulas de tasfir (recitação do Alcorão), árabe e culinária na própria mesquita no interior paulista para os habitantes locais. As aulas começam após a Oração do Magrebb, cerca de 18:30 horas, e são ministradas pelo Sheik Ahmad Basshar, líder espiritual da Mesquita. Aos interessados, a mesquita está localisada na Rua José do Patrocínio, 165, Vila Arens, Jundiaí, SP.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

ENCONTRO ACONTECEU EM ITAPECERICA DA SERRA



Nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro de 2013, aconteceu no Hotel Del Verde, em Itapecerica da Serra, o 1º Encontro de Jurisprudência Islâmica Para a Comunidade Muçulmana do Brasil. O evento foi organizado pela CDIAL (Centro de Divulgação do Islam para a América Latina) e contou co a presença de renomados sheiks, alguns que já trabalham pela própria CDIAL. Quanto ao público houve presença de cerca de uma centena de pessoas, de varias cidades paulistas.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

NOTÍCIAS DO INTERIOR DE SÃO PAULO

ACONTECEU NOS ÚLTIMOS 3 DIAS O CURSO DE TEOLOGIA EM CAMPINAS


Aconteceu nos últimos 3 dias (09, 10 e 11 de fevereiro) o Curso Intensivo de Teologia Islâmica de Campinas, no interior paulista. O curso contou com a paricipação do Sheik Ahmad Basshir, de Jundiaí; Ahmed Khatib; Ali Achcar e do líder da Mesquita de Porto Alegre, Rodrigo Rodrigues. Os discursanes falaram de diversos emas, que iam desde a Mulher no Islam, História da Palestinia, História do Islam, Jurisprudência e Crenças Islâmicas. A comunidade local compareceu em peso para o evento, porem para os que não puderam comparecer, foi transmiido em empo real as palestras por Ahmed Khatib por seu canal no youtube.

MESQUITA DE JUNDIAÍ TERÁ TRANSMIÇÕES AO VIVO


A página oficial da Mesquita Omar Ibn Abdel Al-Aziz no facebook, localizada no inerior de São Paulo, anunciou recentemene que fará transmições ao vivo de todas as aulas, palesras e khubas (sermões de sexta) através de seu canal no youtube. Isso será uma exelente oportunidade para aqueles que por algum motivo não podem comparecer a algum dos três citados acima, não deixarem de perder o que for dito na mesmas.

O ISLAM EM RECIFE - PE

Dando continuidade a nossa série sobre as comunidades islâmicas do Brasil, chegamos a uma das cidades mais ricas do país, Recife, a capital pernambucana. Nessa cidade se destacam a presença de católicos e judeus, esses segundos possuem na cidade o templo mais antigo das Américas. Nesse meio, sobrevive uma pequena comunidade muçulmana, com sua sede no bairro da Boa Vista. Apesar de ter uma das menores comunidades islâmicas do país, Recife conta com a presença de um Sheik egípcio formado na Universidade de Al-Azhar, no Cairo, o Sheik Mabrouk Al Saway Said, que ministra na cidade aulas de árabe em religião para brasileiros.

A população de Recife ultrapassa os um milhão e meio de habitantes, porem o numero de muçulmanos não passa de três dezenas, que são alguns estrangeiros árabes que estabeleceram comércio no local e alguns brasileiros revertidos ao islam. O Centro Islâmico de Recife foi fundado em 1989, porem teve uma fase crítica, e foi reinaugurado em 1997, no atual lugar que se encontra.

O Sheik Mabrouk Al Saway Said é nascido no Egito, e tem atualmente 75 anos. Ele é formado em Cultura Islâmica pela Universidade de Al-Azhar, e chegou ao Brasil para trabalhar num centro islâmico na capital paulista em 1988, porem em 1992 foi transferido para Recife, onde ficou até os dias atuais. O Centro Islâmico de Recife costuma receber em sua sede quase todos os dias professores, alunos, jornalistas e ouros interessados em conhecer mais sobre a cultura árabe e islâmica.

O Centro Islâmico de Recife está localizado na R. da Glória, nº 353, Boa Vista – Recife – PE, o telefone para contato é o (81) 3423-1393 ou (81) 3053-2545. O e-mail é emailcir@ig.com.br

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CIB LANÇA LIVROS E NOVA DIRETORIA EM FOZ

CENTRO ISLÂMICO DO BRASIL LANÇA DOIS NOVOS LIVROS


O Centro Islâmico no Brasil lança mais duas grandes obras para enriquecer a biblioteca islâmica nacional. Mais uma vez trouxemos aos leitores assuntos atuais que com certeza agradarão a todos que se preocupam com obras de qualidade, profundidade intelectual e autenticidade.

O primeiro livro lançado é “A Mulher – Entre a Situação Histórica e a Exclusão Social”, de autoria da Fundação Al-Balagh, que simplesmente esclarece historicamente e socialmente o grande erro da exclusão social feminina. Este assunto tão polêmico pode ser estudado com grande propriedade nesta obra sensacional, onde a visão humanista e verdadeiramente libertadora do Islam é apresentada.

O segundo livro é um clássico do Islam contemporâneo, “Falsafatuna – Nossa Filosofia”, que é uma das principais obras do grande sábio, o mártir bem aventurado, Ayatullah Al-Odhmah Assayed Mohammad Baquer Assadr (K.S.). Esta renomada obra, que já foi traduzida para dezenas de idiomas e publicada em inúmeros países é uma análise profunda e especializada do pensamento humano e uma magistral apresentação do Islam e sua mensagem. Através dela, o autor apresenta noções básicas e avançadas do Islam concernentes ao mundo e sua maneira de compreendê-lo, contrapondo as mesmas com diversas doutrinas materialistas. Um clássico agora traduzido para a língua portuguesa!

Para obter estes livros e enriquecer sua biblioteca é muito fácil, acesse nossa loja virtual [www.lojaislamica.com.br]. Na loja você também encontrará outros lançamentos da Editora Islâmica Arresala, e outras grandes obras islâmicas de qualidade.

FONTE: www.arresala.org.br

MESQUITA OMAR IBN AL-KHATTAB DE FOZ DO IGUAÇU ELEGE NOVO PRESIDENTE

Mohamad Hussein Gazzawi é o novo presidente do Centro Cultural Islâmico de Foz - CCBI

A votação foi realizada com a presença de dezenas de membros da comunidade árabe, na última quinta-feira, 07, na sede da Mesquita Omar Ibn Al-Khattab. Pioneiros e a nova geração elegeram Mohamad Hussein Ghazzawi como o novo presidente do Centro Cultural Beneficente Islâmico de Foz do Iguaçu , e que deve assumir o cargo oficialmente, no dia 07 de março.

FONTE: Perfil da Mesquita no Facebook.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

CURSO SERÁ OFERECIDO EM CAMPINAS


A Mesquita de Campinas, na cidade do interior paulista oferecerá a partir de sábado, nos dias 09, 10 e 11 de fevereiro um curso de teologia islâmica que visa aprofundar os conhecimentos dos muçulmanos locais sobre os mais diversos temas acerca da religião. Aos que desejarem participar, entrar em contato com a mesquita, localizada na Rua Professor Nicolau Marchini, 87, Parque São Quirino, Campinas - SP.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

COMUNIDADE CELEBRA ANIVERSÁRIO


A comunidade muçulmana xiita brasileira celebrou neste sábado, 03 de janeiro o aniversário de 33 anos do líder espíritual da Mesquita do Brás, o Sheik Hassan Borgi, que ficou surpreso e agradecido com a homenagem. A celebração ocorreu após a aula de religião que o mesmo ministra todos os sábados para os muçulmanos brasileiros, no qual o tema da referente foi sobre a morte. A celebração contou com cerca de 20 presentes que se mostram muito agradecidos pelo Sheik.