quinta-feira, 9 de maio de 2013

O ISLAM EM JUNDIAÍ


A cidade de Jundiaí é considerada de porte médio, e se encontra no interior de São Paulo, exatamente no meio do caminho entre São Paulo e Campinas, as duas maiores potencias econômicas do estado paulista. A cidade também é sede de uma das mais belas mesquitas do estado. Jundiaí tem sua própria região metropolitana composta por cidades como Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Louveira, Itupeva e outras, por isso a mesquita abriga muçulmanos destes locais.

A comunidade local é formada principalmente por muçulmanos de origem libanesa, alguns marroquinos e muito poucos outros africanos, além dos brasileiros locais que aderiram a religião. Cota-se hoje que a cidade possua cerca de duas centenas de muçulmanos. Os serviços religiosos são oferecidos por dois sheiks atualmente, Sheik Ahmed Amin, de origem libanesa, que apesar de não ser exatamente formado para sheik, foi posto como tal por causa de sua sabedoria; e também o Sheik Ahmed Bashir, egípcio que estudou na Universidade de Al-Azar, no Cairo, uma das principais do mundo islâmico.

Os muçulmanos chegaram a cidade em meados da década de 1970, visto que as cidades de Campinas e São Paulo já tinham muçulmanos a um bom tempo, e estes que chegaram eram libaneses e palestinos que vieram estabelecer comércio no local. A mesquita começou a ser construida no final da década de 1980, e foi inaugurada no ano de 1990, levando o nome de Omar Ibn Abdel Al-Aziz, um neto de Omar Ibn Al-Khattab, que fora companheiro do Profeta Muhammad (saas). Toda essa história se deve a um imigrante palestino chamado Adnan Al Akad que lutou bravamente para construir a mesquita.

Hoje a Mesquita tem diversos projetos, e o mais interessante é que ela possui um time de futebol amador só de muçulmanos que disputa uma copa local chamada Copa da Fé, que é voltada unicamente as instituições religiosas. Além disso de 15 em 15 dias a mesquita oferece aulas de árabe de graça para a população local, bem como palestras religiosas proferida pelo Sheik libanês. Também é comum bons almoços no local toda sexta-feira que é feriado, durando horas e desjejuns no mês do ramadan. 

Quanto a estrutura da mesquita, ela segue um estilo arquitetônico bem egípcio, porem puxando para o moderno. Seu grandioso lustre é o mais belo das mesquitas do Brasil, ficando bem no centro da parte de orações, essa que é ovalada, que também mostra ser único no Brasil. Ao lado da parte de orações tem uma antessala usada para as aulas e jantares de sábado. Abaixo dessa fica o estacionamento que também é usado como o local dos bons almoços na mesquita.

Para quem desejar mais informações:

Mesquita Omar Ibn Abdel Al-Aziz
Rua José do Patrocínio, 165, Vila Arens, Jundiaí, SP.

9 comentários:

  1. Salam, Hussein!

    Mash´Allah! Gostei muito da arquitetura da Mesquita de Jundiaí.

    Tudo de bom.

    Vou compartilhar.ok?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. BOM FOI BACANA SEU TESTO MAIS TEM INFORMAÇÕES INCORRETAS,PRIMEIRAMENTE EM JUNDIAÍ ENCONTRA FAMÍLIAS LIBANESAS E PALESTINAS COM GRANDE MAIORIA E LIBANESA SEM DUVIDA E MARROQUINAS QUASE NÃO TEM E ESSA MESQUITA FOI CONSTRUÍDA POR FAMÍLIAS LIBANESAS E PALESTINAS E NÃO PODEMOS ESQUECER O SENHOR MAIOR FUNDADOR SEU ADNAN AL AKAD, E UM SENHOR PALESTINO QUE SE DEDICO A VIDA POR ESTA MESQUITA E HOJE ELE SE ADOECEU QUE DEUS AJUDE A SE RECUPERAR LOGO, MAIS TODOS NOS QUE FREQUENTAMOS UM DIA ESTA MESQUITA SABEMOS DE QUANTO ELE FOI IMPORTANTE ELE UM DOS FUNDADORES MAIS IMPORTANTES,CLARO QUE A QUESTÃO NÃO E ESSA DE QUEM FUNDO A MESQUITA MAIS SE VAI FALAR DA HISTORIA E BOM ESCREVER O CORRETO .

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelas informações senhor Osama, corrigirei agora.

    ResponderExcluir
  5. Prezados, Boa tarde!
    Trabalhamos em um jornal que comtempla informações da Vila Arens e arredores. Entramos em contato para conhecer a Mesquita e suas atividades.

    Vocês produzem eventos, feiras, festas ou bazares? Gostariam de passar algum problema que ocore no bairro/região?
    Posso entrar em contato com vocês, basta passar um telefone.

    Muito obrigada.

    Paloma de Miranda
    Jundiaí Notícias
    Tel.: (11)2709-0276/(11)2709-0274
    E-mail: contato@jundiainoticias.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ei irmão, não mencionou qual madhhab é ensinada nesta mesquita. Estou curioso.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde!Extremamente linda as arqueteruas e a cultura dos libaneses aqui no Brasil!
    Faz toda a deferenca!
    Parabéns!!!
    Com meu cordial abraço aos libaneses!
    Fernando Bittencourt
    Tenho algo do subsolo para apresentar a todos os libaneses!
    e um acontecimento Único
    do !
    Como faço para mandar fotos para vocês?

    ResponderExcluir
  8. Algo da parte da Natureza!
    de um acpnacontecim Único no mundo !
    Meu contato de e-mail fbcristal@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Desculpa!
    E um acontecimento Unico dentro de um Crystal!
    da idade Canbreana!

    ResponderExcluir