quinta-feira, 29 de agosto de 2013

MESQUITA CELEBRA DESAPARECIMENTO DE AL-SADR

A Mesquita Muhammad Mensageiro de Deus (também conhecida como Mesquita do Brás) lembrará em uma celebração em sua husseinya (salão de eventos) a ocasião do desaparecimento do Aiatolá Sayyed Musa Al-Sadr, nessa sexta-feira, 30 de agosto, as 20:00 horas.

O Aiatolá Sayyed Musa Al-Sadr foi uma importante figura religiosa xiita libanesa que nasceu no Irã, mas que é membro de uma grande família que tem braços tanto no Líbano, como no Irã e bem como no Iraque. O atual Marja U-Taqlid (sábio que todo xiita deve seguir) dessa família é o sábio Sayyed Ismail Al-Sadr, que vive no Iraque. Sayyd Musa se formou em Teerã, e depois em Qom (Irã), e depois estudou em Najaf (Iraque). Posteriormente se mudou para o Líbano onde fundou diversas organizações, tanto que até os dias atuais seu legado é reverenciado tanto por seguidores do Amal e do Hezbollah (partidos políticos-religiosos do Líbano). Ele desapareceu após uma viagem em 1978 para a Líbia, no qual o governo libanês acusa o governo líbio de prende-lo, tortura-lo e matá-lo.

A Mesquita do Brás convida a todos a comparecerem nesse evento que relembrará a vida do Sayyed Musa na husseinya da própria mesquita, localizada na Rua Eliza Witacker, 17, Brás, São Paulo na data e horários já esclarecidos acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário