quinta-feira, 28 de junho de 2012

NOTICIAS DE EVENTOS EM SÃO PAULO

SBM FAZ CAMPANHA DO AGASALHO 2012

A Sociedade Beneficente Muçulmana fará uma campanha do agasalho na Mesquita Brasil. A campanha acontecerá no dia 06 de Julho de 2012 (próxima sexta-feira) na própria Mesquita Brasil, loalizada na Rua Barão de Jaraguá, numero 630, bairro Cambuci, cidade de São Paulo. Os agasalhos serão recolhidos pela liderança local e distibuidos para a comunidade carente da cidade em escolas, hospitais, etc.

Mesquita Brasil, local da campanha.

CIB PARTICIPARÁ DA 22ª BIENAL DO LIVRO EM SÃO PAULO

O Centro Islâmico no Brasil, sediado na Mesquita do Brás, na capital paulista estará presente na 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O evento acontecerá de 9 a 19 de Agosto na Avenida Olavo Fontoura, 1.209, Santana, São Paulo, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. O Stand da CIB será o L53.

Mais informações em http://www.bienaldolivrosp.com.br/ ou http://www.mesquitadobras.org.br/



quarta-feira, 27 de junho de 2012

O ISLAMISMO EM CURITIBA - PR

A comunidade islâmica de Curitiba – PR é uma das mais antigas do sul do Brasil, sendo que alguns autores afirmam que os primeiros libaneses a pisar em solo curitibano foi no ano de 1890. Na década de 1950 chegaram libaneses que não abandonaram sua religião, no caso o islamismo, quando pisaram em solo curitibano, como fizeram vários libaneses que vieram para o Brasil. Depois destes, vieram outros, em sua grande maioria libaneses, vindo muitos em famílias, muitas delas numerosas para ganhar o sustento nessas terras. A Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná foi criada em 18 de Julho de 1957. A primeira figura mostra a primeira sede da Sociedade, onde era mantida no segundo andar da mesma. O primeiro presidente da sociedade foi Hussein Omairy, que ficou 23 anos no cargo, indo até 1980. A mesquita foi inaugurada no ano de 1972. A segunda foto mostra a mesquita nessa época. A Escola Islâmica do Paraná foi fundada em 1962, com 60 alunos; hoje com o nome de Escola Libanesa, a mesma abriga mais de centenas de alunos.


Hoje a comunidade islâmica de Curitiba e conhecida por ser de imensa maioria xiita, porem o seu primeiro sheik foi o egípcio Muhammad Hassan Iddin, que era sunita, e eles mantiveram um sheik sunita até 1982, quando com o aumento grandioso dos xiitas na cidade, tomou posse como sheik o libanês xiita Abbas Baghdadi. Hoje o sheik é o xiita Mohamad Sadek Ebrahimi.

Mesquita de Curitiba hoje.

Curitiba hoje possui além da Mesquita, a escola libanesa e um cemitério islâmico. A mesquita funciona todos os dias para visitas, e as sextas-feiras ela lota para as orações do meio-dia. A mesquita também costuma lotar para as celebrações do ramadan, ashura, e outras celebrações religiosas. Hoje a Sociedade tem registrado quase mil muçulmanos na cidade de Curitiba e arredores, tanto que recentemente foi fundada uma mussala na cidade de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A Sociedade ainda publica o jornal Assiráj, com as noticias locais sobre o islam, e distribui a Revista Evidências, publicada pelo Centro Islamico do Brasil, localizado em São Paulo.

Espaço do interior da Mesquita.

Para quem desejar conhecer mais, a Mesquita Imam Ali Abu Talib, ou Mesquita de Curitiba, como é mais conhecida, ela se encontra no seguinte endereço: Rua Dr. Kellers, 383, Bairro São Francisco, Curitiba - PR

Fonte: http://www.ibeipr.com.br/

terça-feira, 26 de junho de 2012

NOVA PALESTRA ACONTECE EM ARAPONGA

Acontecerá uma palestra em Araponga, Minas Gerais, sobre Etiqueta Islamica nesse domingo 01/07, visando o conhecimento dos uçulmanos nos dias que antecedem o início do mês do Ramadan. O palestrante será o líder da comunidade Montanha da Luz, Muhammad Failaz. A palestra terá início as 15 horas e terá 3 horas de duração. O endereço pode ser encotrado na postagem sobre a counidade islâmica de Araponga.

domingo, 24 de junho de 2012

MULHERES DE FORTALEZA SAEM EM JORNAL

O jornal de Fortaleza-CE, Diário do Nordeste, publicou nessa sexta-feira, 22 de Junho, uma matéria mostrando a história de mulheres muçulmanas da cidade, e que frequentam o Centro Islâmico do Ceará, localizado na capital cearense. O jornal, ligado as organizações Globo, também ressaltou seu comportamento como mulheres, e como muçulmanas.

Aos que desejarem ler a matéria completa acessem o link:

http://virtual.diariodonordeste.com.br/home.aspx?edicao=20120624&caderno=H&pagina=1


Foto das mulheres orando. Essa foto também aparece no jornal.

sábado, 23 de junho de 2012

O ISLAMISMO EM BELO HORIZONTE - MG

A COMUNIDADE ISLAMICA DE BELO HORIZONTE – MG


Mesquita de Belo Horizonte

A grande metrópole de Belo Horizonte, capital mineira, abriga a única mesquita do estado de Minas Gerais, onde reúne-se uma ampla comunidade islâmica formada por brasileiros revertidos, libaneses, marroquinos, egípcios, sírios, mais diversos africanos, indianos, paquistaneses, e até alguns europeus; todos residentes ou estudantes da capital. (A foto abaixo mostra o interior da mesquita).

A Mesquita de Belo Horizonte foi fundada em 1991 seguindo o modelo marroquino, para reunir os muçulmanos que vinham orando em salas locais na cidade. Não há um fundador próprio, pois conta-se que toda a comunidade se reuniu para construir e fundar a mesquita, que inicialmente se chamava Mesquita Muhammad Mensageiro de Deus. Porem a comunidade só começou a crescer a partir do ano 2001 por causa dos atentados terroristas nos EUA, pois os primeiros atos de dawa (divulgação do islam) só seriam feitos a partir de 2006 por causa da FAMRAS ter tomado a frente.

Hoje a mesquita é dirigida pelo Sheik Mokkar ElKhan, que além da função de Sheik, também assumiu a função de Presidente e Secretário da Mesquita. O Sheik Mokkar é marroquino natural de Casablanca, e mora no Brasil a cerca de 10 anos juntamente com sua família. A mesquita conta hoje com mais de 200 membros registrados, porem somente cerca de 30 presentes e assíduos na sexta-feira. A mesquita ainda promove aulas e religião para as mulheres aos sábados a tarde. (A imagem abaixo mostra a comunidade reunida para as orações no interior da mesquita).

A Mesquita de Belo Horizonte, que também é sede da Sociedade Beneficente Islâmica de Minas Gerais (SBIMG), está localizada na Rua João Camilo de Oliveira Torres, 20, Mangabeiras, Belo Horizonte. A mesquita fica próxima a praça do Papa.







COMUNIDADE ISLAMICA CENTRAL DE BELO HORIZONTE – MG

No centro de uma grande metrópole encontra-se a pequena comunidade islâmica central de Belo Horizonte. Formada inicialmente para acolher os brasileiros revertidos ao islam, essa comunidade surgiu de uma cisão com a Sociedade Beneficente Islâmica de Minas Gerais (SBIMG), sediada na Mesquita de elo Horizonte, localizada no bairro das Mangabeiras. Porem hoje ela acolhe brasileiros, libaneses, egípcios, moçambicanos e marroquinos.(A foto abaixa mostra os membros da mussala em momento de discontração).

A mussala foi organizada no ano de 2006, de acordo com Bilal Yahia Faustino, um brasileiro natural de Campo Belo que se mudou para a capital mineira. Bilal e outros fundaram a comunidade sobre o nome de Centro de Estudos Islâmicos de Belo Horizonte (CEIBH) dizendo que os brasileiros eram excluídos na SBIMG e que seu Sheik não sabia ensinar. Em 2009 reuniu-se a eles o egípcio Samir Hassan, natural do Cairo, que se tornou imam da comunidade, e a partir desse momento vem proferindo os Khutba’s e guiando as orações. O presidente da comunidade foi até junho o libanês Mustafa, um comerciante local, passando a presidência agora para as mãos de Samir.

A comunidade tem muitas ligações com os muçulmanos de Juiz de Fora, e costuma receber grupos de dawa de diversos locais do país e do mundo em sua mussala, e atualmente tem pretenções de promover diversos encontros e palestras no local para unir as comunidades islâmicas mineiras. Hoje o CEIBH tem cerca de 20 membros, sendo somente 5 estrangeiros.

O CEIBH está localizado no endereço Rua dos Guaranis, 620, Centro, Belo Horizonte. Fica próxima ao mercado central.


sexta-feira, 22 de junho de 2012

O ISLAMISMO EM JATAÍ - GO


Vista da entrada da Mesquita de Jataí, Goiás.

Para darmos continuidade a série sobre mesquitas e comunidades islâmicas brasileiras, entrevistei Muhammad Ali, professor de Religião da Mesquita de Jataí, no estado de Goiás. Muhammad Ali estuda na ILAEI, que tem sede em Maringá – PR, estando no segundo bimestre. M. Ali é brasileiro e muçulmano revertido a cerca de seis anos.

Jataí é uma pequena cidade do interior goiano, próxima a Rio Verde, e a cerca de 320 km de distancia da capital Goiânia. A cidade tem cerca de 90 mil habitantes e recebeu os primeiros habitantes oriundos do Oriente Médio, principalmente libaneses, sírios e palestinos, na década de 1960 e 1970, que vieram estabelecer comércio na cidade.

Um grupo de palestinos, comandados pela família de Said Abdallah (também fundador da rede Estrela de Móveis), iniciou o projeto da construção da Mesquita de Jataí na década de 1960 e foi inaugurado a mesquita no ano de 1968, porem por falta de subsídios, a mesquita jamais foi terminada, hoje funcionando somente a parte destinada as orações. Hoje Said Abdallah não está mais entre nós, porem sua memória como pioneiro do islam em Jataí continua. (Na foto abaixo, comemoração da festa do Eid de 1432 (2011)).

Atualmente a mesquita continua reunindo brasileiros e árabes em seu interior para as orações. A mesquita conta hoje com cerca de 200 membros, sendo somente 6 totalmente brasileiros, os demais todos árabes ou descendentes. Isso mostra uma ainda dura realidade do islam no Brasil, porem a comunidade islâmica de Jataí quer mudar isso, já fazendo projetos de dawa (divulgação do islam) para cidades circunvizinhas. A mesquita não conta com um Sheik, porem um irmão palestino chamado Barjat faz o papel de Imam da mesquita, dirigindo as orações e proferindo as khutba’s (sermões) na sexta-feira. A mesquita ainda conta com as aulas de religião toda quarta-feira a noite, que é ministrada pelo irmão Muhammad Ali, o entrevistado.

Para aqueles que desejam visitar a mesquita, ela está localizada na Avenida Goiás, numero 1347, Centro - Jataí- GO.


Momento de estudo no interior da Mesquita.


quinta-feira, 21 de junho de 2012

ANIVERSÁRIO DE ZAINAB BINT ALI

Hoje, 21 de Junho de 2012, 01 de Sha'aban de 1433 no calendário islamico os muçulmanos xiitas comemoram o aniversário de Zainab Bint Ali, uma mulher que era irmã dos Imam's Hassan e Hussein, aqueles que foram considerados os senhores dos jovens no paraíso.

Zainab era filha de Ali Abu Talib, primo de Muhammad (saws), o Profeta, e da filha do profeta Fatima Zahra (as). Zainab recebeu seu nome pela propria boca do Profeta Muhammad (saws), juntamente com seus dois irmãos mais velhos, Hassan e Hussein. Aquando aconteceu o martírio de Hussein em Karballah, Zainab permaneceu o tempo todo ao lado do irmão e sobrevivendo ao massacre foi levada como refém pelo exército de Yazid I até Damasco, sede do califado omíada. Seu sofrimento durante a travessia do deserto é relembrada por vários xiitas atualmente. A tumba de Zainab se encontra no Egito, e hoje em dia é muito visitada por muçulmanos xiitas, porem alguns acreditam que a tuma está em Damasco.





O ISLAMISMO EM ARAPONGA - MG

O crescimento do islamismo no mundo já é algo bem notado, especialistas dizem que a Europa será um continente de maioria islâmica até 2050. No Brasil o crescimento do islam está também maior do que nunca, as estatísticas dizem que 10 pessoas se tornam muçulmanas por dia no Brasil. Praticamente todas as capitais brasileiras, por exceção de algumas poucas no norte e nordeste, já tem mesquitas, algumas dirigidas por sheiks brasileiros. Mas não é somente em capitais que o islam cresce, agora ele está partindo cada vez mais e mais para o interior, e a partir de hoje, farei textos sobre cada uma dessas comunidades islâmicas do interior do Brasil, e a primeira é a de Araponga, no interior de Minas Gerais.

A pequena cidade de Araponga tem cerca de 8 mil habitantes e foi fundada na década de 1960 como cidade e está localizada no interior de Minas Gerais, perto da cidade de Viçosa. No inicio de 2011 um casal de brasileiros revertidos ao islam deixaram as suas capitais onde Muhammad Failaz dirigia desde 2005 uma mesquita abandonada no Rio de Janeiro, e foram morar nessa bucólica cidade interiorana depois de uma rápida passagem em 2007 por São Paulo para se casar, e para dar continuidade a dawah (disseminação do islam) fundaram uma mussala na cidade em 28 de Abril de 2011 com a ajuda de alguns paquistaneses. Hoje a cidade conta com cerca de 50 muçulmanos, com praticamente todos frequentando a mussala, e o numero cresce cada vez mais. Conta-se que em uma semana após a fundação, 10 pessoas se reverteram ao islam na cidade.

A comunidade se chama, Comunidade Islâmica Jaba Al Nuur (Montanha da Luz, em árabe) e é dirigida por Muhammad Failaz, que em entrevista disse ter fundado a comunidade por causa da perseguição por parte de alguns libaneses a brasileiros revertidos. Hoje a comunidade atende e abriga pessoas revertidas ao islam que são da própria cidade ou de outras cidades que foram abandonadas ou maltratadas pelos pais por se reverterem ao islam, nos conta Failaz. Isso mostra uma dura realidade sofrida por muçulmanos no Brasil. A comunidade é supervisionada por paquistaneses de uma organização islâmica de Karachi, que algumas vezes por ano visitam a comunidade.


Failaz ensinando as crianças da comunidade.

Para aqueles que desejam visitar e conhecer a comunidade, ela está localizada na Rua Sebastião Pereira da Costa, numero 74, Araponga-MG. O telefone é 31-84364667 e o e-mail do Presidente da comunidade Mihammad Failaz é muhammad.failaz@hotmail.com.


Vista áerea da pequena cidade de Araponga - MG

quarta-feira, 20 de junho de 2012

EVENTOS EM SÃO PAULO CAPITAL

LANÇAMENTO DE LIVRO E PALESTRA SOBRE IMIGRAÇÃO ACOTECE

A Sociedade Beneficiente Muçulmana (SBM) mantenedora da Mesquita Brasil e a autora Samira Adel Osman estão lançando o livro "Imigração Árabe no Brasil : Histórias de vida de libaneses, muçulmanos e cristãos". O lançamento acotecerá na própria mesquita, localizada na Avenida do Estado, Cambuci - 5382 - São Paulo no dia 24 de Junho a partir das 18 horas. Após o lançamento haverá uma palestra sobre a imigração árabe para o Brasil, onde a autora explanará sobre o assunto. Para mais informações entre em contato com a mesquita pelo telefone: 11-3208-3726.

WAMY E LIGA PROMOVEM PALESTRA



A WAMY e a Liga da Juventude Islamica estão promovendo uma palestra sobre o tema "A Conduta do Muçulmano". A palestra acontecerá no dia 01 de Julho na Mesquita do Brás sede da Liga da Juventude das 12 as 18 horas. Após a palestra haverá a distribuição gratuita do livro "Interpretação do Último Décimo do Alcorão".

PALESTRA SERÁ REALIZADA EM MINAS GERAIS

O Departamento feminino da Comunidade Islamica Jabal Al-nuur, localizada na cidade de Arapongas - MG está realizando uma palestra sobre o tema "A Mulher no Islamismo". A palestrante será Aesha Samira Failaz. A palestra acontecerá no dia 24 de Junho, das 15 as 18 horas.

O endereço do local é: Rua Sebastião Pereira da Costa, nº74, Araponga-MG.



terça-feira, 19 de junho de 2012

BAHAÍS NO BRASIL


Para continuarmos a falar sobre as seitas islâmicas que vieram para o Brasil, chegamos aos Bahaí’s. Os bahaí’s apesar de hoje não parecer que saíram do islamismo, a seita tem profundas ligações com o islamismo. O Bahaísmo foi fundado na Pérsia do século XIX por 2 homens, Bahaullah (mostrado na foto abaixo) e Bab, cada um em períodos diferentes, sendo que um foi mestre do outro. Os dois se diziam profetas e continuadores da mensagem do Profeta Muhammad (saws), e Bahaullah ainda se dizia o Al Mahdi prometido desde os tempos de Muhammad (saws).

Eles acreditam em uma união religiosa, por isso os fundadores das mais diversas religiões são considerados profetas para eles, sendo que Krishna (Hinduísmo), Moises (Judaísmo), Zoroastro (Zoroastrismo), Buda (Budismo), Jesus (Cristianismo) e Muhammad (Islamismo), todos foram profetas para eles e Bahaullah veio completar esse ciclo.


Os bahaí’s retiraram do islamismo, a religião da qual propriamente são seita, a crença na utilização da mão aberta para as orações, o jejum entre o amanhecer e o por do sol, a crença no Al Mahdi, que para eles já veio, e a crença na unicidade divina. Como eles creem que o Al Mahdi já veio, eles creem que ele trouxe o Livro de Fátima com ele, esse livro é um livro de ditos que o Profeta Muhammad (saws) teria falado a Fátima (as), sua filha, mas para os muçulmanos xiitas esse livro desapareceu com Fátima (as).
Não se sabe ao certo quando os bahaí’s chegaram ao Brasil, porem a maioria dos historiadores dizem que foi através da diáspora ocorrida após a Revolução Islâmica no Irã na década de 1970, onde pessoas não-muçulmanas alegaram perseguição religiosa deixaram o país. Hoje os bahai’s contam com cerca de 60 mil seguidores em território brasileiro.

FONTES:
http://www.bahai.org.br/
http://www.bahai.pt/

segunda-feira, 18 de junho de 2012

SUFISMO NO BRASIL


Nós sabemos hoje em dia que o islam está dividido em várias escolas, seitas, etc., porem também sabemos que várias destas somente existem hoje em dia no Oriente Médio, mas também sabemos que algumas delas chegaram ao Brasil, devido a imigração e hoje uma das que mais cresce em território tupiniquim é o sufismo.

O sufismo é identificado como “a corrente mística e contemplativa do Islam”. Seus praticantes são conhecido por seus rituais que envolvem danças em roda, cânticos e musicas regadas aos sons de tambores. A palavra “sufismo” vem do árabe “suf” que significa “lã rustica”, e hoje a ideia de sufismo é atribuída a qualquer muçulmano, podendo sunitas ou xiitas serem sufistas. Porem como o sufismo cresceu muito no Brasil, há muitos sufis que se dizem serem sufis mas não são muçulmanos, o que para os sufis do Oriente Médio é considerado como blasfêmia, já que os dois estão intimamente ligados de acordo com sua fé.


Hoje em dia existem mais de 300 ordens sufis, muitas delas presentes no Brasil. O sufismo no Brasil foi disseminado principalmente pelos turcos que emigraram para o Brasil, e hoje estão presentes em várias citais brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Alguns templos sufis já foram construídos em território nacional e as ordens continuam a crescer. Hoje em dia é dito que existem mais de 300 mil sufis em todo o Brasil e o numero só tende a aumentar.



Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sufismo
http://suficam.blogspot.com.br/
http://sufismosemtariqa.blogspot.com.br/

sábado, 16 de junho de 2012

EVENTOS NO PARANÁ E SÃO PAULO

PALESTRA ACONTECE E FOZ NO DOMINGO


Mesquita Omar Ibn Al Khattab, local da palestra.

Neste domingo dia 17 de Junho o Centro Cultural Beneficiente de Foz do Iguaçu, no Paraná trará uma palestra com o Shik Chaikh Mohsin Alhassani sobre a Viagem Noturna e a Ascensão do Profeta Muhammad (saws). A palestra acontece na Mesquita Omar Ibn Al Khattab, sede do Centro Islamico, entre as orações do Maghrib e Isha.
A mesquita se localiza na Rua Meca, n°599 – Jardim Central – Foz do Iguaçu – PR.

RETIRO PROMOVIDO PELA FRIENDS OF ISLAM

A Fundação Internacional Amigos Islam (Friends of Islam, em ingles) está promovendo um retiro a uma chácara no dia 15 de Julho de 2012. Segue a figura abaixo com informações e contatos:




terça-feira, 12 de junho de 2012

WAMY PROMOVE AULAS DE RELIGIÃO PARA JOVENS



A WAMY vem realizando semanalmente aulas de religião voltadas para os jovens de nossa comunidade, que a cada semana é realizada em uma residência diferente.

Os grupos de estudo são formados pelos próprios jovens que recebem colegas e amigos em sua casa para alguns momentos nos quais aprendem sobre sua religião e cultura, tirando dúvidas, assim cultivando a fé em Deus podendo assim passar a diante os conhecimentos recebidos.

As aulas tem assuntos diferenciados, com temas da atualidade que envolvem nossos jovens e a vida em sociedade.

Fonte: Site da WAMY.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

COMUNIDADE DE SÃO PAULO PROMOVE CONCURSO

A comunidade islâmica de São Paulo, numa parceria das organizações das cidade, como SIBRA, CEDIAL, Liga, e outras estão promovendo um concurso religioso que dará ao vencedr uma viagem para Meca no próximo Hajj (peregrinação).



Participem

sábado, 2 de junho de 2012

SHEIK'S DO BRASIL V


Sheikh Amin Alkaram

Líder do Centro Islâmico de Forianópolis, e tambem da Mesquita na capital de Santa Catarina. O Sheikh Amin Alkaram é natural da Síria, é formado em Estudos Superiores de Teologia pela Universidade Imam Mohammed Bin Saud, de Riad na Árabia Saudita.


Sheik Jamil

O Sheik Jamil é natural da Palestina e cuida de dois cetros islamicos e isso o faz um dos unicos a fazer tal ato no Brasil. Ele cuida da Socedade Beneficiente Islâmica de Anápolis sediado na Mesquita da cidade do interior Goiano; e também cuida do Centro Islâmico de Trindade, sediado na Mussala da cidade de Trindade na região metropolitana de Goiania.


Sheik Samer Hassan

Samer Hassan é natural do Egito e estudou na Universidade de Al Azar, também no Egito. Mudou-se para o Brasil a cerca de 5 anos por causa de se casar com uma brasileira. Samer Hassan cuida do Centro de Estudos Islâmicos de Belo Horizonte, sediado na Mussala de Belo Horizonte na capital mineira.


Sheik Cubilas Juma

Cubilas Juma é natural de Pemba, na Republica Democratica do Congo. Juma cuida do Centro Cultural Beneficiente Islamico do Ceará, sediado na Mussala Al Salam, em Fortaleza, que reune muitos africanos que foram para a cidade para estudar.