sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

SHEIK ABDUL AZIZ VISITARÁ O BRASIL

Um dos mais proeminentes Sheiks da escola Hanafita (uma escola do sunismo presente em países como Paquistão, Síria, Líbano, Jordânia, e outros, o Sheik Abdul Aziz, visitará o Brasil durante todo o mês de janeiro, ministrando palestras e eventos para os muçulmanos ou demais que queiram saber sobre a religião islâmica. As cidades já confirmadas com sua presença são: São Paulo e Guarulhos (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Anápolis (GO); as cidades semi-confirmadas são Fortaleza (CE) e Campinas (SP).

Em sua página oficial em português no facebook, o seu escritório ainda aceita sugestões de cidades para ministrar palestras e outros, basta entrar em contato pelo www.facebook.com/SheikhAbdulAzizBrasil e sugerir a cidade, horário e local para o mesmo se hospedar.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

MAIS UMA MUSSALA É ABERTA NO PARANÁ


Uma nova mussala foi aberta na cidade paranaense de Marechal Cândido Rondon, no interior do estado. Inaugurada essa semana, a mussala servirá uma cidade de cerca de 45 mil habitantes, e estará aberta a todos que quiserem visitala. Com essa mussala aberta, hoje existem 14 instituições islâmicas no Paraná, incluindo a Mussala de Francisco Beltrão, aberta em 2013; e somase como a sexta instituição islâmica aberta nesse ano de 2014.

Marechal Cândido Rondon conta com uma grande comunidade de bengalis (etinia predominante no Bangladesh, país islâmico no sudoeste asiático) devido aos abatedouros de carne halal na região, por isso uma mussala na cidade já se fazia necessária a algum tempo. Quem quiser visitar a mais nova mussala do Paraná, bem como do Brasil, segue os dados abaixo:

Mesquita Muhammadia Jame
Rua Minas Gerais, 437, Marechal Cândido Rondon - PR.

sábado, 23 de agosto de 2014

INAUGURAÇÃO DE NOVO CENTRO NO RJ

Nessa sexta-feira, 22 de agosto de 2014, foi inaugurando na cidade do Rio de Janeiro a primeira mussala shiia do estado. A inauguração foi no período da tarde e contou com a presensa do Sheik Hossein Khalillo, representante do Ayatollah Ali Khamenei no Brasil e que dirige o Centro Islâmico Imam Ali, em São Paulo - SP.

Apesar de ainda não haver sheik's shiias no Rio de Janeiro, a pequena mussala, chamada Centro Cultural Imam Hussein servirá para reunir a pequena comunidade shiia da cidade. Ontem na inauguração estavam presentes cerca de 20 pessoas, sendo alguns iranianos, alguns brasileiros, alguns estudiosos não-muçulmanos que pestigiaram a inauguração do novo centro.

Esse centro vem somar como a terceira instuição islâmica aberta no ano de 2014, sendo a primeira a Mussala de Aracajú, no Sergipe, em janeiro; depois o Centro Cultural Ahlul-Bayt, em Foz do Iguaçu, Paraná; e agora esse novo centro no Rio de Janeiro.

A cidade do Rio de Janeiro já é conhecida por possuir a Mesquita Annoor, de orientação sunita, que já teve espaço nesse blog contando sua história, e agora tem uma mussala de orientação xiita, contando agora com dois centros islâmicos em funcionamento na cidade. Ainda não sabemos quais são os horários de funcionamento do novo centro, e o que será oferecido no mesmo, mas assim que tivermos informações nós a passaremos.

Site do Novo Centro: http://www.centroimamhussein.com/
Página no Facebook do Novo Centro: https://www.facebook.com/centroimamhussein

domingo, 3 de agosto de 2014

A MESQUITA DE CUIABÁ, MT

A cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso é a maior e mais populosa cidade do estado, com cerca de 550 mil habitantesCuiabá tem a fama de ser a capital mais quente do país, e guarda em seu seio, uma das mesquitas do Brasil com o mais belo interior.

A história da cidade se confunde com a história da interiorização do país, ou seja, o processo de se ir populando o interior do país. Bandeirantes se aportaram no local que hoe é a cidade no final do século XVII e início do XVIII. A fundação da cidade se deu em 1719, porém seu real início se deu em 1723 com a construção da igreja matriz da cidade. Logo se deu o crescimento da cidade, em dois séculos se tornou a cidade mais importante da região centrooeste, porém foi perdendo status com a criação de Brasília na década de 1950 e depois com a criação do estado do Mato Grosso do Sul, no final da década de 1980.

Os primeiros árabes a aparecerem na cidade, foram na década de 1920, eram em sua maioria sírios e libaneses, sendo a grande maioria destes cristãos, porém os muçulmanos logo começaram a aparecer, até que esses se tornaram a maioria entre os árabes. A pedra fundamental do que seria a Mesquita de Cuiabá foi colocada no ano de 1976, e a Mesquita foi inaugurada no ano de 1978, sendo o mais interessante da história da construção da mesquita que o minarete da mesma foi construído na Arábia Saudita e enviado para a cidade.

Mesquita de Cuiabá não é uma mesquita muito grande, em termos de construção é uma das menores do país, porém abriga uma beleza interna muito grande, com tapetes rosados fazendo contrastes com as paredes coloridas, parecendo muito com mesquitas africanas subsaarianas. Além disso a mesquita conta com um estacionamento para membros e algumas áreas internas a mais, onde são realizadas as festas da comunidade.

Hoje acreditase que haja cerca de mil muçulmanos que morem em Cuiabá, o número já foi maior, mas muitos se mudaram para maiores centros urbanos, sendo deste cerca de mil um grande número de libaneses, sírios, egípcios, sudaneses e outros, e alguns brasileiros revertidos a religião. A comunidade toda é de orientação sunita.

Quem desejar conhecer a mesquita, ela está localizada na região do Morro da Luz, no bairro Bandeirantes e está aberta toda sexta feira de 11 da manhã até as 14 horas para as orações de sexta, e todos são convidados a conhecer a mesquita, e também há aulas de religião no sábado para quem quiser conhecer mais sobre o islamismo.
 
Fontes:
Enciclopédia Barsa, ano 2000, vertebre Cuiabá;
Culturacuiaba.wordpress.com

quarta-feira, 23 de julho de 2014

RAMADAN DE 1435 DH - 2014 DC


O mês sagrado de Ramadan está acabando, e hoje, por meio desta publicação, voltando a escrever no blog, venho fazer um resumo das atividades do mês sagrado que ocorreram pelo Brasil. O mês começou com a Copa do Mundo já em andamento, isso fez com que várias comunidades pelo Brasil aproveitassem para fazer Dawah (Divulgação da Religião), como já falado na última postagem. Esse ano não houve muitas atividades no mês sagrado, a maioria das mesquitas mantarão só os atos tradicionais como ifitar (quebra de jejum) e oração do Tarawer (oração voluntária após o ifitar).

A Mesquita Medina, na cidade de Taubaté, interior de SP, além dos dois já mencionados, dava um curso de religião durante quase todas as noites desse mês, porém volta a normalidade após o mês sagrado, voltando as aulas de árabe e religião formais.

Outro lugar com cursos foi no Instituto Islâmico, na zona sul da capital paulista, onde o Sheik Juma Momade, moçambicano, ministrou aulas sobre o Alcorão, fizeram ifitar e tarawer. Mas o destaque no mês ficou para o início das atividades no Centro Islâmico Ahlul-Bayt, o mais novo centro islâmico do Brasil fundado mês passado na cidade de Foz do Iguaçu, no interior do Paraná, onde foram ministradas aulas de religião para várias turmas de diferentes idades.

Nossa página no facebook (http://fb.com/islamismobrasil) está preparando uma seleção com as melhores fotografias do mês sagrado pelas comunidades brasileiras.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

INSTITUTO FARÁ CURSO E DAWAH NA COPA

EVENTO MARCA RAMADAN NO INSTITUTO

O mês do ramadan está chegando e algumas instituições já começam a marcar eventos para ela, sendo a primeira a fazer sua programação a Ma'had Islamyyah (Instituto Islâmico), sediado na zona sul de São Paulo capital.
O Instituto promoverá durante todos os sábados do mês sagrado aulas que começarão as 10 horas da manhã e irão até o desjejum e serão seguidos pela oração do tarawer. As aulas serão ministradas pelo Sheik Wafi Al-Jabtry, saudita, que comanda o Instituto, e pelo convidado Sheik Juma Momade, moçambicano, e serão sobre tasfir (interpretação) e tajwiid (leitura) do Alcorão Sagrado.
Aqueles que desejarem participar entre em contato com o Instituto na Rua Pirituba, 260, Mirandópolis, próximo ao metrô Praça da Árvore, na zona sul de São Paulo, ou entrando em contato com a página do Instituto no facebook para preenchimento da ficha de inscrição.
O mês do Ramadan, sagrado para os muçulmanos, que devem jejuar nele entre o nascer e o por do sol, está previsto de começar no dia 28 de junho, e nesse mês muitas instituições marcam cursos e encontros para falar sobre religião e sempre convidam toda a comunidade a participar. Mais notícias de outros centros e postaremos aqui.

DAWAH NA COPA MOVIMENTA COMUNIDADES

Diversas comunidades islâmicas do Brasil estão se movimentando para a prática da dawah (divulgação do islam) durante os dias da Copa do Mundo no Brasil. Os primeiros a fazerem foi a CDIAL, que juntamente com alguns de seus companheiros e Sheik's ficaram na porta do estádio Itaquera, no dia do jogo de abertura distribuindo livros e folhetos sobre o islam. Logo após algumas comunidades da cidade de São Paulo colocou os muçulmanos na rua para divulgar o islam, bem organizados e uniformizados, alguns deles estavam nas principais avenidas de São Paulo, como a Avenida Paulista.
Depois foi a vez da comunidade islâmica de Jundiaí, no interior de São Paulo, que se instalou num dos principais parques da cidade e com a ajuda de alguns frequentadores da mesquita local fez um belo trabalho de distribuição de folhetos e livretos sobre o islam.
Algumas comunidades ainda estão marcando de fazer o mesmo tipo de trabalho, onde se destacam as das capitais Belo Horizonte, MG; Cuiabá, MT; e Campo Grande, MS.
 

quarta-feira, 14 de maio de 2014

NOTÍCIAS DE FOZ DO IGUAÇU

DIA DO MUÇULMANO É CELEBRADO

Aconteceu nesse dia 12 de Maio (segunda-feira) o primeiro Dia Municipal do Muçulmano. A lei que implementa a data foi apresentada pela vereadora Alice Nagib (PT) local e foi aprovada, fazendo do dia 12 de maio o Dia do Muçulmano. Para tal, se reuniram na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu (PR) centenas de membros da comunidade muçulmana da cidade, bem como representantes religiosos das duas mesquitas da cidade, e o representante da mesquita da capital, Curitiba. A comunidade muçulmana de Foz do Iguaçu é a segunda maior do país, só perde para a de São Paulo (SP), porém é a primeira a ser presenteada com esse dia que tem valor histórico agora para o povo brasileiro.

AULAS DE RELIGIÃO EM FOZ

Para completar, também na cidade de Foz do Iguaçu, serão oferecidas aulas de religião. As aulas serão aos sábados às 19:30 na sede da CCIAB e terão início dia 17/05. Para participar é necessário uma inscrição prévia mandando um e-mail para cciab@hotmail.com com seus dados ou pedindo informações. O curso será na língua portuguesa e não possui pré-requisito.
As aulas serão ministradas por Adnan El Sayed com supervisão do teólogo e Sheik Mohammad Khalil.
Local: Rua Clara Nunes nº 418, Jardim Central.
E-mail para inscrição, dúvidas ou maiores informações: cciab@hotmail.com
Horário: Sábados às 19h30min

sábado, 3 de maio de 2014

ENCONTRO DE CENTROS ISLÂMICOS ACONTECE EM SÃO PAULO



Aconteceu hoje, 03 de maio de 2014, em São Paulo, SP, o primeiro dia do I Encontro dos Centros Islâmicos do Brasil, porém apesar do nome ainda houve a participação de um centro paraguaio no mesmo. O encontro tem como objetivo apresentar os novos centros islâmicos xiitas que estão se abrindo pelo Brasil, bem como apresentar propostas de como os mesmos farão a divulgação do islam e sua cidade. Em resumo logo abaixo, um pouco sobre o que cada centro ou representante falou sobre cada cidade:

Vitória da Conquista (BA): Nessa cidade do interior baiano há apenas uma mulher muçulmana revertida, que mesmo estando na faixa dos 50 anos abriu um abrigo islâmico para ajudar os necessitados, bem como para ter aulas e nisso a mesma apresentar o islam da escola xiita. Essa mulher costuma acordar cedo todos os dias e viajar nas cidades circunvizinhas apresentando o islam para as pessoas e fazendo vi-las conhecer seu abrigo. É um pequeno passo no interior da Bahia, mas cujo seu trabalho já está dando grandes frutos.

São José dos Campos (SP): Nessa cidade média do interior paulista há apenas um unico muçulmano xiita, o Sr. Yussuf, que está divulgando a escola xiita nessa cidade. Ele apresentou como ele está levando na cidade o islam para as favelas e presídios, que são pessoas normalmente marginalizadas pela sociedade. Apesar do mesmo ainda não ter um centro islâmico na cidade, aos poucos seu trabalho vai dando alguns frutos.

Cidad Del Lest (PY): O centro começou a pouco tempo com uma pequena sala alugada, mas em pouco tempo a diretoria conseguiu um lugar grande e em apenas dois meses está fazendo um grande trabalho nessa região com a divulgação do islam em língua espanhola. O Centro Islâmico Zahra já conta com aulas de culinária, religião, árabe, aulas para crianças, leituras de duás em árabe e espanhol e está aberto para muçulmanas e não muçulmanas que queiram conhecer a escola xiita em língua espanhola.

Rio de Janeiro (RJ): Foi apresentado pelo presidente do recente Centro Cultural Imam Hussein, fundado na capital carioca, os seus trabalhos, principalmente no que tange a divulgação do islam na cidade. Ainda sem um local próprio, o CCIH conta com apoio da internet para poder divulgar a religião entre os brasileiros.

Foz do Iguaçu (PR): A dupla de Foz apresentou sobre o lançamento de seu Centro Cultural Islâmico Ahlul-Bayt (CCIAB), fundado na cidade, bem como os planos para o futuro de aulas e outros para a cidade, totalmente voltados para brasileiros, e também apresentou outros grupos que já existiam, como a Mulheres de Karbala. O CCIAB já conseguiu o local que funcionará sua sede na cidade que está hoje sendo organizada, e tem a fundação marcada para o dia 18 de junho, e apartir daí começará a funcionar.

Curitiba (PR): O diretor de patrimônio da Mesquita Imam Ali, de Curitiba, capital do Paraná, apresentou os trabalhos que a mesquita vem desenvolvendo para a divulgação do islam na cidade desde 1992. Hoje a Mesquita de Curitiba é a mesquita xiita que está mais próxima dos brasileiros, por isso não havendo qualquer necessidade da criação de um centro sem vínculos com a instituição, porém como relatou o mesmo, esse espaço foi conquistado com dificuldades, mas que hoje o trabalho com divulgação do islam po parte da mesquita é amplo, principalmente nos mais diversos meios de comunicação audio-visuais. A Mesquita que hoje é um dos principais pontos turísticos do Paraná e da própria Curitiba oferece cursos de religião islâmica nas noites de quartas-feiras para todos os interessados, além de manter um programa de televisão, site e páginas em redes sociais.

São Paulo (SP) I: Primeiramente o representante do Centro Islâmico no Brasil, a maior publicadora e tradutora de livros islâmicos do Brasil hoje, falou sobre os novos projetos de publicação de livros, arrecadação para as mesmas, bem como sobre as pesquisas de campo sobre o que os brasileiros gostam para poder saber sobre o que publicar e vários projetos do mesmo. Foi bom pois a divulgação dessa editora tem dado muitos frutos no Brasil e no mundo.

São Paulo (SP) II: Por fim falou os representantes do Centro islâmico que é o pioneiro de todos esses outros, o Centro Cultural Imam Ali (CCIA), sobre os projetos que desenvolveu e está por desenvolver ainda na cidade de São Paulo para a divulgação do Islam na capital paulista e vizinhanças.

Ainda há o segundo dia, domingo, onde haverá uma palestra na parte da manhã no CCIA, e um passeio pelos participantes na cidade paulista. Tudo isso serviu para mostrar que não só a escola sunita cresce no Brasil, mas a xiita também veem ganhando cada vez mais espaço e podendo trabalhar das mais diversas formas. 

terça-feira, 22 de abril de 2014

NOTÍCIAS DO FERIADO

FOZ DO IGUAÇU (PR) E SÃO PAULO (SP) CELEBRAM NASCIMENTO DE FÁTIMA ZAHRA (AS)

A Husseinya de Foz do Iguaçu, no interior do Paraná, e a Mesquita do Brás, em São Paulo capital, celebraram nessas quinta e sexta passadas (17 e 18 de abril) o aniversário de Fátima Zahra (as), a filha do Profeta Muhammad (saas) e esposa do Imam Ali (as). Em São Paulo a celebração se deu na noite de quinta-feira, onde o Sheik falou por cerca de 1 hora sobre Fátima (as). Em Foz a celebração se deu na noite de sexta-feira, onde houve grande participação das mulheres da comunidade, bem como muitas crianças do grupo de escoteiros da cidade, e terminou com a fala do líder espiritual do local o Sheik Mohammad Khalil sobre o tema.

INSTITUTO DE SÃO PAULO REALIZA CURSO

O Instituto Islâmico, sediado na zona sul de São Paulo capital, cujo professor e diretor é o renomado Sheik saudita Wafi Al-Jabtry, realizou de sexta (18) a domingo (20) um seminário que visava instruir os alunos de como começar a ler o Alcorão. Na sexta e no sábado, os alunos que compareceram para o curso aprenderam como ler o árabe, e no domingo já estavam lendo o Alcorão Sagrado em árabe. O curso contou com a presença de muitas mulheres e alguns homens, todos buscando um pouco mais de conhecimento da religião.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

A MESQUITA DE CARAMBEÍ, PR

 
Essa é talvez uma das menores mesquitas e menores comunidades islâmicas do Brasil. Ela surgiu por causa dos problemas que se agravaram na cidade vizinha de Ponta Grossa devido a constante luta entre sunitas e xiitas na referente comunidade, tanto que hoje os muçulmanos sunitas de Ponta Grossa todos costumam frequentar muito mais a Mesquita de Carambeí do que a de Ponta Grossa, mas não queremos nos aprofundar nesses detalhes.

A cidade de Carambeí é uma cidade pequena do interior do Paraná, com cerca de 20 mil habitantes e localizada a poucos kilômetros de Ponta Grossa, que fica a cerca de uma hora de viagem da capital Curitiba. A cidade se destaca muito por causa da imigração holandesa, que chegou ao local em massa no início do século XX.

Em meados dos anos 2000 os sunitas de Ponta Grossa encontravam algumas dificuldades para frequentar a Mesquita local, então a CDIAL, uma das organizações ue toma conta do islam no país, resolveu financiar para esses muçulmanos o aluguel numa sala de orações na própria cidade de Ponta Grossa para os sunitas, porém alguns dos mesmos contestaram para não ver a comunidade se dividindo ainda mais e deixar a mesquita local praticamente sem frequentadores, então a CDIAL resolveu abrir uma mesquita numa cidade próxima, pois assim não faria que sempre os muçulmanos deixassem a mesquita de Ponta Grossa para ir nessa, somente em casos esporáticos, e assim escolheu a cidade de Carambeí.

Para comandar essa nova mesquita, a CDIAL escolheu o Hajj Ismail Muhammad, um pernambucano que foi estudar na Síria. Assim ele se mudou para a cidade com sua família, que é toda muçulmana, e transformou a casa que ele alugou em uma mesquita, seguindo os planos e moldes da CDIAL e iniciou os trabalhos por lá. Ele assim fez a primeira casa transformada em Mesquita do país, e a nomeou de Mesquita Omar Ibn Al-Khattab. A partir desse momento, além dos serviços religiosos, o Hajj Ismail também começou a dar aulas de religião e de árabe para a população local.

Hoje, em suma, a comunidade islâmica de Carambeí é formada apenas pela família do Hajj Ismail e mais algumas pessoas da cidade, não ultrapassando o número de 15 adeptos na cidade (estimativa), porém a mesquita conta com total apoio dos muçulmanos da cidade de Ponta Grossa, que costumam se deslocar muito para o local, principalmente nos finais de semana para as aulas e orações, assim reunindo as duas comunidades, a de Carambeí e a sunita de Ponta Grossa deve dar num total de cerca de 30 muçulmanos que frequentam a Mesquita de Carambeí. Porém os trabalhos para o aumento desse número já começaram, e a Mesquita recebe apoios direto da Mesquita de grande porte mais próxima, a de Londrina.

A Mesquita conta hoje com alguns espaços, apropriados para os muçulmanos fazerem suas rezas, bem como uma ampla cozinha, uma varanda para o lazer, uma pequena biblioteca e locais para a ablução, bem como banheiros. Há ainda salas que foram adptadas para serem salas de aulas, contando na mesma o escritório do Hajj.

Para aqueles que desejarem visitar a Mesquita, segue o endereço abaixo e o horário:

Mesquita Omar Ibn Al-Khattab
Avenida dos Pioneiros, 1739, Centro, Carambeí, PR.
Sextas-Feiras aberta para sermão das 11:30 hrs as 14 hrs.
Sábados e Domingos aberta o dia todo.  


sábado, 12 de abril de 2014

NOVOS CENTROS ISLÂMICOS SÃO CRIADOS

Foram criados mais dois novos centros islâmicos xiitas essa semana, o Centro Cultural Imam Hussein, no Rio de Janeiro - RJ, e o Centro Cultural Islâmico Ahlul-Bayt, em Foz do Iguaçu - PR. Juntando a já criada Mussala de Aracaju - SE, e as ILAEI de Goiânia (GO) e Campo Grande (MS) (sunitas), em janeiro e fevereiro, já são 5 novas entidades islâmicas criadas só nesse início de 2014. Os dois novos centros seguem os moldes do pioneiro Centro Cultural Imam Ali, criado em Abril de 2013 na cidade de São Paulo, ou seja, são centros direcionados aos brasileiros, ao ensino da religião islâmica para brasileiros, e todos os três centros ficam sobre a jurisdição do Sheik Hossein Khalliloo, iraniano formado na Universidade de Qom e representante do Ayatollah Sayyd Khamenei no Brasil. O Centro de Foz já está com atividades marcadas para entregas de folhetos nas ruas da cidade, porém os três centros já planejam novas atividades para o decorrer desse ano.

A criação desses 2 novos centros, se juntando a criação da mussala no Sergipe e as escolas de Goiás e Mato Grosso do Sul representam o claro crescimento do islam no Brasil, pois nos dois últimos ano mais esse já foram criadas 07 novas entidades islâmicas, incluindo a Mesquita de Manaus. O envio de um Sheik formado para cuidar das mesquitas de Goiás mês passado mostra claramente que o islam está chegando a cada vez mais brasileiros, bem como o aparecimento de cada vez mais cursos que visam capacitar os novos revertidos na religião também são cada vez maior, tanto que na capital paulista eles não param, quase todas as mesquitas oferecem aulas em português, e no sábado a Mesquita do Pari costuma ficar lotada para as aulas. O islam cresce em solo brasileiro, cada vez mais.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

CURSO DE LEITURA DO ALCORÃO NO FERIADO

Para o próximo feriado, entre 18 e 21 de Abril, várias mesquitas e entidades islâmicas pelo Brasil estão preparando cursos para serem oferecidos. O primeiro já saiu, será o curso de Leitura do Alcorão oferecido pela Mah'ad Al-Islamyah de São Paulo, onde durante os 3 dias (18 a 20) os alunos poderão aprender as principais regras de tajuid (leitura) do Alcorão. O curso será ministrado pelo Sheik Wafi Al-Jabtry, saudita, e um dos principais sábios muçulmanos que falam português.

Mais informações na sede do Instituto, na Rua Pirituba, 260, Saúde, São Paulo, SP. Não percam essa oportunidade de aprender como ler o livro de Allah (swt). Mais informações futuras em nossa página no facebook: http://facebook.com/IslamismoBrasil bem como informações de outros cursos que ocorrerão no feriado.

domingo, 30 de março de 2014

CURITIBA HOMENAGEIAM PALESTINIA

No dia de ontem, 30 de março de 2014, a Mesquita Imam Ali, em Curitiba - PR, homenageou a Palestina no chamado Dia da Terra. Tudo aconteceu durante e após as visitações a mesquita tão tradicionais no domingo pela manhã e tarde. Durante as celebrações do Dia da Terra a mesquita passou filmes sobre a Palestina e teve uma palestra com um palestino que mora na cidade falando sobre sua terra natal. O apoio ao povo palestino é geral entre os muçulmanos que moram no Brasil, sejam nativos ou árabes.

A MESQUITA DE MANAUS


Hoje vamos falar de uma mesquita que esse blog teve o prazer de noticiar sua fundação, a Mesquita de Manaus, capital do Amazonas. A cidade de Manaus é uma das mais ricas do Brasil e um dos principais polos econômicos do país. Fundada no século XVII, a cidade teve uma grande crescimento a partir do século XIX com o ciclo da borracha no local, que proporcionou grandes avanços em questão de economia e população local. Porém o maior impulso após o ciclo da borracha foi a criação da Zona Franca na década de 1960.

Não se sabe ao certo quando os primeiros árabes chegaram na Amazônia, porém o estudioso Gaitano Antonnacio afirma em seu livro “A Colônia Árabe no Amazonas” que os primeiros muçulmanos chegaram no ano de 1905, e eram os irmãos sírios Abdon e Abdul Hauache. Após esses, começaram a chegar os primeiros palestinos ao local nas décadas posteriores. Diferentemente de muitas outras comunidades islâmicas do Brasil, a comunidade de Manaus atraiu muitos muçulmanos de países vizinhos como a Guiana e o Suriname, e nos últimos anos apareceram um grande número de brasileiros revertidos ao islam. Não há dados hoje de quantos muçulmanos existam no Amazonas, mas crer-se ser em torno de 500, sendo cerca de 300 só na capital. Os muçulmanos locais, antes da construção da mesquita sempre se reuniam já em locais alugados com o fim de realizarem suas orações e serviços religiosos.

Os primeiros recursos monetários para a construção da mesquita começaram a ser reunidos na década de 1970, porém na de 1990 essa arrecadação ficou parada, retornando somente no ano de 2004. Logo após veio a aquisição do terreno e posteriormente a construção da Mesquita. Quando a mesquita já estava pronta, ainda sem colocar vários adereços dentro da mesma e sem a inaugurarem os muçulmanos locais já utilizavam-se da mesquita para rezar e fazer jummah. A mesquita foi oficialmente fundada no dia 12 de setembro de 2012, e esse blog foi feliz por poder anunciar a fundação da mesma [segue o link nas Fontes].
Hoje a mesquita é a única da região norte, e conta com grandes espaços em seu interior, bem como bibliotecas e garagens. O Sheik da mesquita é o egípcio Saber Abdel Rahman Ali, de 40 anos, que dirige a mesma desde sua fundação. A mesquita não fica parada e oferece aulas de religião, árabe e outras, além das celebrações de Eid's, jantares no ramadan e todas as outras celebrações religiosas.

FONTE:
http://www.islammanaus.com.br/
Revista Evidências, n 3, “Os Muçulmanos da Amazônia”.

domingo, 23 de março de 2014

ANÁPOLIS RECEBE SEU PRIMEIRO SHEIK

A cidade de Anápolis, no interior de Goiás, bem próxima a capital Goiânia, foi escolhida para receber o primeiro Sheik do estado, bem como o primeiro Sheik a assumir a Mesquita de Anápolis, que é o Sheik Nasser Sahim, que já tem passagem por mesquitas de São Paulo. Ele assumiu em uma cerimônia feita nesse fim de semana, onde também a nova diretoria da Mesquita assumiu com o propósito de trabalhar para o islam no local. Anápolis é a cidade goiana com o maior número de muçulmanos, seguida de Jataí, Trindade, e a capital Goiânia. A presença de um Sheik formado no estado, juntamente  a recente abertura de uma filial da ILAEI no estado, possibilitará cada vez mais a propagação do islam nesse estado.

terça-feira, 18 de março de 2014

FILIAIS DA ILAEI SÃO INAUGURADAS NO MS E GO


Foram inauguradas dia 14 e 15 o Instituto Latino Americano de Estudos Islâmicos - Filial MS na sala 3 na sede da Mesquita de Campo Grande, MS e o Instituto Latino Americano de Estudos Islâmicos - Filial GO em Goiânia, capital de Goiás. Em Campo Grande, MS, a inauguração contou com a presença do Sheikh Dr Mohammad Alrohaidi e o Sheikh Abdul Baqui Osman. O Instituto tem como objetivo melhorar a divulgação do Islã nas cidades de Campo Grande e Goiânia, bem como seus respectivos estados. O ILAEI oferece cursos a distância de Dawah (Divulgação do Islam) e de Língua Árabe. A sede do ILAEI é em Maringá, no PR, porém já tem filiais em todo Brasil. Quem quiser entrar em contato com o ILAEI nessas duas cidades basta procurar a Mesquita Luz da Fé, em Campo Grande; ou a Mesquita de Anápolis, no interior de Goiás para mais informações. (Foto: Inauguração do ILAEI em Campo Grande, no dia 15).

FOZ DO IGUAÇU SE REUNE COM SHEIK KHALILO

Sheik Housein Khalilo reuniu-se com muçulmanos convertidos entre eles homens e mulheres para uma palestra na qual foi realizada na Hoseiniye da sociedade beneficiente islâmica de Foz do Iguaçu. O tema da palestra foi,  a princípio, sobre o período pré islam, tempo da ignorância “jahiliyah” (ignorância), no qual a sociedade pré-islâmica árabe não possuia conhecimento algum, tanto em assuntos divinos quanto éticos. Nessa época era comum entre as famílias enterrar as meninas ao nascer,  pois ter uma filha demonstrava vergonha perante a sociedade. Então surge o islam com uma nova filosofia de vida,  inovando os modos éticos e morais.

 "Quando a filha, sepultada vida, for interrogada. Por que delito foste assassinada?" (Alcorão 81: 8 e 9)
 
Também citou exemplos de como devemos lidar com nossos pais,  a piedade filial é um mandato divino. Deu exemplo da Sayida Zainab (a.s.) como protegeu seu irmão até o último momento de sua vida e após o incidente de Karbala foi ela quem passou adiante a história e assim até os tempos de hoje são recordados os dez dias de Ashoura.

"O decreto de teu Senhor é que não adoreis senão a Ele; que sejais indulgentes com vossos pais, mesmo que a velhice alcance um deles ou ambos, em vossa companhia; não os reproveis, nem os rejeiteis; outrossim, dirigi-lhes palavras honrosas" (Alcorão 17:23)
 
Enfatizou o papel da mulher na sociedade,  disse que a mulher acaba sendo mais que a metade pois ela influência muito a outra metade como mãe, esposa, filha e irmã… Citou nome de quatro mulheres as quais serão habitantes do Paraíso,  Mariam mãe de Jesus (a.s), Acia esposa de Faraó, Kadija esposa de Mohamad (a.s ) e Fátima filha de Mohamad (a.s ).

O Islam representa a união cooperativa de todos, para que assim  haja oportunidades de ser divulgado e fortalecido no caminho da fé, o caminho seguido por Mohamad (s.a) e os Ahlul al Bayt (a.s.). No total houve a presença de cerca de 30 muçulmanos na palestra....

Fonte original: http://www.islamfoz.com.br/sheik-housein-khalilo-foz-iguacu/ com algumas mudanças feitas pelo autor do blog para tornar o texto mais compreensível a não-muçulmanos.

terça-feira, 4 de março de 2014

ENCONTRO ACOTECEU NA MESQUITA DE SÃO MIGUEL


Entre os dias 01 e 03 de março aconteceu na Mesquita Khallid Ibn Al-Wallid, no bairro de São Miguel Paulista, aconteceu o Encontro Islâmico da Mesquita de São Miguel Paulista, onde houveram várias palestras durante os dias sobre os mais diversos temas. No sábado, que foi o primeiro dia, o Sheik Kamal Chaim, de São Bernardo do Campo (SP) palestrou em diversos momentos, e também foi o dia com maior participação do público. No segundo dia, domingo o mesmo Sheik Kamal fez uma palestra muito interessante falando sobre os relacionamentos islâmicos via internet, bem como também sobre o casamento e outras coisas que envolvem a vida de casados ou muçulmanos que queiram se conhecer, desvendando vários mitos sobre o assunto. No fim do dia ainda houve um casamento na mesquita assistido por vários daqueles que prestigiavam as palestras. No terceiro dia, a palestra de mais destaque foi sobre a vestimenta das mulheres, proferida por uma das mulheres que estavam nas palestras, e a mesma foi assistida por várias mulheres. Outros encontros estão sendo organizados em São Paulo para o futuro.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

INAUGUARAÇÃO DA MUSSALA DE BELÉM - PA

O islam vem crescendo no Brasil, cada vez mais centros islâmicos e mussalas novas vem surgindo, nesta sexta-feira, mais uma será inaugurada, a Mussala de Belém, na capital paraense. Em toda a região norte só tem uma Mesquita (Amazonas) e duas mussalas (Porto Velho, e Palmas), porém agora receberá sua terceira mussala, no Pará. Muitos muçulmanos, inclusive de outros estados já confirmaram presença para o evento. O evento será dia 28 de fevereiro as 17 horas na sede na Rua Ferreira Cantão, 213, Bairro Campina,  Belém, PA e em seguida haverá uma recepção social na Estação Gourmet - Hall  na Travessa Primeiro de Março, 766. Aqueles que desejarem participar desse evento que é gratuito, entrar em contato com os telefones 9188-1963 (Irmã Maryam) - 8209-0502 (Irmã Asmaa).

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

MESQUITA DE FOZ DO IGUAÇU - PR




Hoje, na nossa série sobre as mesquitas e comunidades islâmicas do Brasil, chegamos a segunda maior comunidade muçulmana da América Latina, e maior comunidade árabe da mesma, a comunidade islâmica da cidade paranaense de Foz do Iguaçu. Em Foz há a Mesquita e a Husseinya, a primeira é o local de reunião dos sunitas, a que será tratada nessa postagem, a segunda, por alguns também considerada uma mesquita é a dos xiitas, que será tratada em uma futura publicação.

A cidade de Foz do Iguaçu está encontrada no lugar conhecido por tríplice-fronteira, ou seja, um dos pontos do país que está a fronteira com outros dois países, aqui, no caso, Paraguai e Argentina. Só a cidade de Foz tem hoje cerca de 265 mil habitantes, mas se contada toda a região metropolitana com Cidad del Este (Par) e Puerto Iguazu (Arg) há cerca de 750 mil habitantes. As três cidades possuem muçulmanos que frequentam a Mesquita local. A cidade em si, de Foz, só se desenvolveu no início do século XX, apesar de se acreditar que já haviam nucleos populacionais naquele lugar desde 1881, porém o que ia trazer grande avanço para a cidade seria a criação da usina de Itáipu.

Os primeiros muçulmanos a irem para a cidade chegaram nas décadas de 1960 e 1970, muitos deles para trabalharem na usina, porém ainda vinham muitos para serem mascates naquelas terras, esses por sua vez viajavam muito, levando também a religião a outros pontos. Os principais desses que se estabeleceram nas terras de Foz do Iguaçu eram quase que em sua totalidade libaneses, oriundos de diversas regiões do Líbano. Na década de 1980 começou a ideia da criação de um centro no qual eles pudessem se reunir, praticar sua religião e preservar seus valores culturais. Nessa época tambem, marca-se pelo grande número de muçulmanos entrando na cidade, assim dia 16 de Agosto de 1981 foi criado o Centro Cultural Beneficente de Foz do Iguaçu, no início não só para religião, mas com fins de preservar toda a cultura árabe. Logo nas primeiras reuniões do novo Centro, começou-se a juntar dinheiro e outros recursos para a construção da mesquita na cidade, e logo começaram a construção da mesquita, que viria a se tornar um marco do islam para o Brasil. Sete anos depois, no dia 07 de outubro de 1988, com a presença de diversas autoridades religiosas, civis e militares, e principalmente embaixadores de países árabes e alguns representantes da Liga Islâmica Mundial, foi inaugurada a Mesquita Omar Ibn Al-Khattab, num amplo local de mais de 1200 metros quadrados.

Hoje, a mesquita, ainda conta com todos esses espaços, no qual usa também para diversas celebrações no ano promovidas pela diretoria da mesma, bem como os Eid's, onde há festas sem igual em toda a região, onde não somente muçulmanos participam, bem como toda a comunidade. A mesquita, que costuma ficar cheia nas sextas-feiras, por dentro, tem um salão ovalado, todo decorado em azul e branco, que deixa a mesquita linda, e por fora sua cor branca atrai olhares de toda a cidade. A mesquita costuma promover todos os sábados e domingos palestras para mulheres e jovens acerca de algum tema sobre a religião, com isso tem atraido muitos para o local. O atual Sheik da mesquita é o Sheik Mohsin Al-Hassani. Apesar de praticamente ampla maioria dos frequentadores serem muçulmanos de origem libanêsa ou descendentes, há também uma pequena comunidade indiana, alguns paquistaneses e alguns africanos. No total, há hoje entre cerca de 700 a 800 muçulmanos sunitas na cidade. A religião ainda é pouco conhecida entre os brasileiros naturais no local, eu, o autor desse blog, não tenho registros de brasileiros não descendentes de árabes que
frequentem a mesquita.

Quem desejar visitar a Mesquita, ela fica na Rua Meca, próximo ao centro da cidade, bem como próxima a diversos hotéis da cidade de Foz do Iguaçu. Logo estará pronto o Centro de Visitantes da mesquita, para poder acolher aqueles que visitam a cidade, e no caso, a mesquita. 

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

NOTÍCIAS: CURITIBA E SÃO PAULO

SHEIK IBRAHIMI LANÇA LIVRO SOBRE PRIMEIRA SURATA O ALCORÃO

O Sheik Mohammad Sadeq Ibrahimi, líder espiritual da Mesquita Imam Ali, em Curitiba - PR, lança nessa sexta-feira, 21 de fevereiro, o seu primeiro livro em português, "Interpretação do Alcorão: Surata Al-Fatiha". O evento de lançamento será na própria Mesquita de Curitiba as 13:30 horas, logo após as orações de sexta-feira (Salat Al-Jummah). Aqueles que quiserem adquirir o livro basta irem na sexta e comprar o seu, caso more longe de Curitiba, basta entrar em contato com a mesquita.




INICIAM AS OBRAS DE RESTAURAÇÃO DA MESQUITA DE CURITIBA

Hoje de manhã iniciaram as obras de restauração da pintura da parte de trás da Mesquita de Curitiba, capital do Paraná. No final do ano passado, um temporal que sobreveio sobre a cidade, derrubou árvores do jardim da mesquita que ocasionaram a destruição do jardim e da área de lazer da mesquita, bem como partes da pintura dos fundos da mesquita. Agora a diretoria da mesquita, por parte de seu representante de patrimônio, G. Omairi, resolveram dar início as obras de restauração de todos esses ambientes que foram destruídos. Quem quiser ajudar com algo, de coração, as restaurações na mesquita, com dinheiro ou qualquer outra ajuda, entrar em contato com a Mesquita pelo telefone: 3222-4515.




PALESTRAS ACONTECEM NA MESQUITA DE SÃO MIGUEL PAULISTA

O Encontro Islâmico da Mesquita de São Miguel acontecerá entre os dias 01 e 03 de março na Mesquita Khallid Ibn Al-Wallid, mais conhecida como Mesquita de São Miguel Paulista, no bairro homônimo da capital paulista. Para saber mais, procurem a Mesquita pelo telefone (11) 4122-2400, bem como utilizem o mesmo para confirmar presença. A Mesquita está localizada na Rua Capitão Manoel Guimarães, 700, São Miguel Paulista, São Paulo, SP.

      

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

CONGRESSO DO CDIAL ACONTECEU EM SÃO PAULO

Nos dias 7 e 9 de fevereiro de 2014, sábios muçulmanos vindos de várias partes do mundo se reuniram no salão de eventos do Hotel Gran Estanplaza, em São Paulo, para o 27º Congresso Internacional dos Muçulmanos da América Latina e do Caribe onde debateram o tema: “Os Fundamentos do Diálogo Entre as Minorias Muçulmanas”.
A abertura oficial do evento aconteceu no dia 9, às 20h e teve a presença de pensadores, líderes religiosos, políticos, corpo diplomático dos países árabes muçulmanos, representantes das associações e comunidades muçulmanas do Brasil e do exterior e também da comunidade muçulmana.
A cerimônia teve seu início com a leitura do Alcorão Sagrado, e prosseguiu com discursos proferidos pelos convidados dentre eles o Deputado Federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), que disse ser solidário ao povo muçulmano em todo o mundo, e destacou a importância da tolerância religiosa e do respeito mútuo entre os povos, ressaltou a sua profunda admiração pelo Islam, pelo profeta Muhammad e pelo Alcorão, falou também dos valores pregados pela religião islâmica aos seus seguidores, valores estes que são fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade, mais justa, igualitária e humana.
O presidente do CDIAL sr. Ahmad Ali Saifi, falou na abertura sobre a importância deste congresso para a comunidade muçulmana como um todo, agradeceu a todos os participantes e palestrantes, que vieram de todas as partes do mundo para enriquecer ainda mais o congresso.
Em suas falas os palestrantes abordaram a importância da diálogo entre as minorias muçulmanas da América do Sul, em cada palestra foram debatidos cinco tópicos onde os participantes puderam interagir com os palestrantes sobre os diversos aspectos do diálogo inter-religioso, ao final do congresso palestrantes e participantes fizeram as suas considerações finais, agradeceram o CDIAL pela realização deste congresso que ao longo destes 26 anos tem tido um papel fundamental na ampliação dos debates relacionados à comunidade muçulmana na América do Sul, trazendo grandes pensadores do mundo Islâmico para auxiliar a comunidade do continente na busca por soluções para os diversos problemas enfrentados pelos muçulmanos ao longo destes anos.  
Fizeram também um agradecimento especial ao sr. Ahmad Ali Saifi presidente do CDIAL, pelo seu incansável esforço em propagar a religião do Islam e por seu apoio na realização do 27º Congresso Internacional dos Muçulmanos da América Latina e do Caribe.  
Elogiaram o Governo Federal do Brasil e ao seu povo pela tolerância, e pela forma fraterna como acolheu a comunidade muçulmana em seu território, nos permitindo abrir as portas do trabalho de divulgação e de cooperação política permitindo a realização do congresso neste país abençoado.
Texto copiado de: http://www.islambr.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=956%3A-27o-congresso-internacional-dos-muculmanos-da-america-latina-e-caribe&catid=36%3Amanchetes

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

LANÇAMENTO DE LIVRO E JANTAR

SHEIK M. S. EBRAHIMI LANÇARÁ SEU PRIMEIRO LIVRO EM PORTUGUÊS

O Sheik Mohammad Sadeq Ebrahimi, líder religioso da Mesquita Imam Ali, em Curitiba - PR, lançará seu primeiro livro em língua portuguesa, "A Interpretação do Alcorão: Surata Al-Fatiha", como descrito hoje em sua página pessoal. O livreto que já tem partes no site oficial no site da mesquita é de sua autoria porém foi traduzido para o português com ajuda de pessoas frequentadoras da mesquita local. O sheik, que é de origem iraquiana, já tem livros lançados, porém todos em árabe, assim esse será o primeiro em português. A data de lançamento ainda não foi divulgada.

MESQUITA DE GUARULHOS FARÁ JANTAR PARA SHEIKS

A Mesquita de Guarulhos, cidade da região metropolitana de São Paulo, fará no dia 15 de fevereiro, num sábado, um jantar com a participação de todos os sheik's de São Paulo, e convida a todos os muçulmanos das cidades em volta e da própria Guarulhos a participarem desse encontro. O jantar começará as 20 horas, logo após as orações, e está sendo feito em lembrança do Mawlid Annabi (Aniversário Natalício do Profeta Muhammad (saas)). A entrada para o evento será ao preço de R$15,00. Mais informações pelo telefone (11)4966-6275.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

PALESTRAS ACONTECERAM EM CRICIÚMA

Um ciclo de palestras aconteceu entre os dias 18 e 19 de janeiro (sábado e domingo) na Mesquita Palestina, na cidade de Criciúma, no estado de Santa Catarina. A palestra contou com a participação de dois Sheik's sauditas que visitavam a cidade, e puderam deixar várias palavras aos participantes, foram o Sheik Abdu Rahman, e o Sheik Musaab, além da participação do líder local ajudando com as traduções, o Sheik Ali Adil. A comunidade islâmica de Criciúma compareceu bem para a série de palestras, contando com cerca de 30 a 50 pessoas por dia.

A comunidade da cidade, formada especialmente por muitos brasileiros, veem trabalhando muito para a expanção do islam no local. Para saber mais sobre a Mesquita de Criciúma, vá a uma postagem desse blog que leva esse nome.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A MESQUITA DE CAMPO GRANDE - MS

 
 Hoje, na continuação de nossa série sobre as mesquitas do Brasil, falaremos sobre a maior comunidade muçulmana da região Centro-Oeste, a da bela cidade de Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso do Sul.

Campo Grande é uma cidade fundada no ano de 1899, apesar de já haver assentamento naquelas terras desde 1872. Os primeiros árabes a se instalarem na cidade foram em meados da década de 1970, atraídos pelo crescimento da cidade que estava se tornando a capital de um novo estado do Brasil que estava se dividindo do seu irmão do norte. A cidade ainda havia de crescer muito, atraindo cada vez mais investimentos e imigrantes, tanto de outros estados brasileiros, como de outros lugares do mundo. Os imigrantes árabes das décadas de 70 e 80 eram principalmente sírios e libaneses, sendo a maior parte dos sírios cristãos, e um bom número de libaneses muçulmanos. No final da década de 1980 é fundada a entidade que cuidava dos muçulmanos na cidade, e chamaram o arquiteto de origem árabe Jorge Hadi para desenhar a mesquita, no qual foi baseada em mesquitas tradicionais islâmicas, sem seguir um modelo arquitetônico claro de alguma mesquita do mundo. Tão logo a Mesquita de Campo Grande começaria a ser construida. A Mesquita Luz da Fé, como foi nomeada, foi fundada no ano de 1990, e desde aquele momento já atraiu cada vez mais muçulmanos para o local e os olhares da comunidade da cidade.

O real crescimento da comunidade islâmica de Campo Grande se deu a partir da década de 2000, quando os abatedouros halal's (tipo de carne que o muçulmano pode ingerir) foram sendo construidos na cidade e arredores, e iam atraindo mão-de-obra de muçulmanos que viviam em outros estados brasileiros, o que levou a um aumento considerável da comunidade local. O número de brasileiros revertidos começou a aparecer também, algo que elevava o número de muçulmanos da mesquita. Hoje é registrado que existam cerca de 400 famílias de muçulmanos na cidade, o que faz com que a cidade tenha o maior número de muçulmanos de toda a região Centro-Oeste do país.

A Mesquita Luz da Fé conta hoje com amplos espaços para os muçulmanos fazerem suas rezas e celebrações em geral. A sala de orações é grande e amplamente enfeitada com arabescos e partes do Alcorão em suas paredes. Do lado de fora há amplos jardins e uma quadra esportiva usada principalmente para as crianças da comunidade brincarem. Até o ano de 2012, o sheik da Mesquita era o egípcio Salama, porém a mesquita precisava de alguém que soubesse falar o português, então no ano de 2013 entrou Sami Qurt como sheik da Mesquita, esse último seguindo uma linha mais saudita.

Para aqueles que desejarem visitar a Mesquita Luz da Fé, ela se encontra na Avenida América, 657, Vila Planalto, Campo Grande, MS; aberta todos os dias, mas principalmente na sexta-feira para o sermão de sexta (khutba). A Mesquita ainda oferece aulas de religião e árabe em outros dias.

Imagens: 1 - Mesquita vista por sua entrada, na Av. América. 2 - Parte interior, durante uma sexta-feira. 3 - Celebrações do Eid Ul-Fitr em 2013.

Fonte: Jornal UCDB, de 23 de abril de 2008.

NOTÍCIAS - PR, SP E MS

MAWLID ANNABI É CELEBRADO PELO BRASIL

A Mesquita do Brás, em São Paulo, SP; e a Mesquita de Ponta Porã, MS, celebraram ontem a noite o Mawlid Annabi (Aniversário do Profeta Muhammad (saas)). Em São Paulo a celebração foi conduzida por sua Eminência, o Sheik Taleb Hussein Al-Khazraji e contou com vários participantes. Em Ponta Porã, onde não há Sheik's, os participantes celebraram o Mawlid recitando dwah's (súplicas) e o Alcorão.
A celebração do Mawlid Annabi é mais comum nas comunidades xiitas, que não veem nele uma inovação, a maioria das comunidades sunitas veem essa celebração como inovação na religião, por isso um pecado fazê-las, mas algumas comunidades sunitas fazem, como a de Mogi das Cruzes e de Foz do Iguaçu, porém nesse ano ainda não tivemos notícias de celebrações nessas duas comunidades.
A Husseinie Imam Khomeine, de Foz do Iguaçu (xiita), celebrará o Mawlid na noite dessa sexta-feira (17/01), contando agora com a tradução para o português da celebração, que começará as 21:30 horas. A SBIFI convida a todos a participarem do evento.

FOZ DO IGUAÇU PROMOVE TARDE DE QUERMESSE BENEFICENTE

No dia 22 de janeiro, a comunidade islâmica de Foz do Iguaçu convida a todos da cidade a participarem de uma quermesse beneficente que começará as 16 horas na Husseinie de Foz do Iguaçu. O evento contará também com diversos brinquedos para as crianças se divertirem, por isso a SBIFI convida pais e filhos para comparecerem ao evento. 

domingo, 5 de janeiro de 2014

MESQUITA RECEBE QUASE 2 MIL VISITANTES

A Mesquita Imam Ali Ibn Abu Tallib, na capital do Paraná, Curitiba, que já se tornou parte do Patrimônio Cultural da cidade, recebeu nessa manhã de domingo, dia 05 de Janeiro de 2014, um marco recorde de visitantes em sua sede, quase dois mil visitantes passaram pela mesquita em cerca de 4 horas. Nenhuma mesquita no Brasil conseguiu tal marca num único dia, e isso mostra cada vez mais a evolução da religião no Brasil, e principalmente no estado do Paraná, que já tem 11 mesquitas e alguns mais centros islâmicos. Tal marca foi tão impressionante que os poucos que ali ficam para recepcionar as pessoas, não conseguiram responder tudo o que questionavam.

A Mesquita da cidade de Curitiba foi construída no início dos anos de 1970, sendo a primeira do Brasil a ser construída com a ajuda mútua de sunitas e xiitas, que é seu marco até os dias atuais. A mesquita foi inaugurada no ano de 1972, e desde lá vem atraindo a curiosidade de vários da cidade e por aqueles que por ela passam.

A mesquita está aberta todos os domingos de manhã para visitação, a partir das 8:00 horas até cerca de 13:00 horas. No ambiente há muçulmanos capacitados a responderem quaisquer dúvidas que os visitantes tiverem a fazer, e por isso convidam desde já a todos a visitarem-lha. A Mesquita fica na Rua Kellers, próximo ao Museu do Paraná, no bairro Alto São Francisco. 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

COMUNIDADE ISLAMICA BRASILEIRA DE LUTO JUNTO A LIBANESES

A comunidade islâmica brasileira presta condolências pela morte de Malak Zahoui, de 17 anos, e está de luto junto aos libaneses pela morte da mesma. Malak Zahoui era filha de imigrantes libaneses que se mudaram para a região de Foz do Iguaçu, PR, sendo ela nascida nessa cidade, e a alguns anos foi morar no Líbano. Porém hoje, no ataque terrorista perpetrado numa área residencial ao sul da capital Beirute, a jovem, junto a quatro outros moradores, foram mortos, quando dois carros bombas se chocaram e explodiram contra o prédio que ela morava.

O islam é uma religião que condena ataques terroristas, principalmente contra inocentes. A palavra "islam" tem no árabe a mesma raiz que a palavra "salam", que significa "paz", e ataques como o de hoje vão contra todos os preceitos da religião.

A comunidade islâmica brasileira, em principal a de Foz do Iguaçu está em luto e presta condolências aos inocentes e à família de Malak. Que Allah (swt) conforte os corações e que receba a mártir Malak Zahoui no paraíso, de portas abertas e com extrema misericórdia. Todos nós, muçulmanos, rogamos para que tal violência sectária seja banida tanto de nossa religião, como do Líbano, como do mundo.